Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Blairo Maggi não disputará eleição de 2018

Agricultura 27/02/2018 07:02

Em coletiva, ministro anunciou que permanece na pasta depois de abril, pois não vai concorrer a nenhum cargo

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, continuará no ministério e não disputará as eleições de outubro deste ano. A afirmação foi feita em entrevista coletiva em Cuiabá, MT, nesta segunda-feira, 19. Maggi já comunicou sua decisão ao presidente Michel Temer. “Sei que haverá uma reforma ministerial em abril, por isso coloquei o cargo à disposição do presidente para que ele se sinta à vontade para fazer os ajustes necessários, mas fui convidado a permanecer no cargo”. 7 de abril é o prazo máximo para que os ministros que disputarão cargos no pleito de outubro deixem suas pastas. 

 

Segundo Maggi, a decisão de não disputar a eleição deste ano já vinha sendo pensada há um ano, quando teve a primeira conversa com Temer. Em janeiro, quando esteve no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça ao lado do presidente, o ministro voltou a falar sobre a possibilidade de não participar da eleição. “Ele disse que seria muito bom para o governo que eu ficasse”.

 

O ministro disse ainda que não participará sequer das discussões políticas no Mato Grosso, porque irá se dedicar à gestão do ministério. “Se eu quisesse participar da política iria disputar a reeleição para o Senado”, afirmou. Maggi negou que as denúncias contra ele publicadas em 2017 tenham sido decisivas para deixar a política. “Claro que qualquer coisa negativa que tenha que responder preocupa, mas são fatos que estão colocados e não fazem parte das discussões políticas, mas das discussões jurídicas”, disse.

 

O ministro disse que ao sair do ministério pretende fazer um curso de inglês e cuidar mais da vida pessoal. “Se eu tivesse obedecido meu pai, hoje estaria fluente em inglês, mas não fiz. Sinto uma frustração muito grande quando estou no exterior e quero falar direto com alguém e não consigo”, brincou.

 

Embora tenha até o dia 7 de abril para se desincompatibilizar, Maggi disse que decidiu se antecipar e anunciar a sua decisão ainda em fevereiro para destravar o processo eleitoral em Mato Grosso. “Por enquanto as questões são de interesse dos partidos e dos políticos”, afirmou.

 

Maggi iniciou na política em 1994 como suplente na chapa encabeçada pelo senador Jonas Pinheiro. Em 2002 foi eleito governador do Mato Grosso e reeleito em 2006. Em 2011 disputou uma vaga para o Senado e tem mandato até fevereiro de 2019. Assumiu o Ministério da Agricultura no dia 12 de maio de 2016.

 

Fonte: Portal DBO
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.