Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Serviço sanitário russo suspende certificação de duas plantas

29/03/2017 10:45

A decisão publicada hoje no site Rosselkhoznadzor inclui a importação de carne aves e miudezas do frigorí­fico de SIF 1010 da BRF, em Mineiros (GO) O serviço sanitário russo, o Rosselkhoznadzor informou nesta terça-feira em seu site a suspensão da certificação das importações de dois frigorí­ficos brasileiros, com base na Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polí­cia Federal no dia 17 para apurar denúncias de corrupção e irregularidades na fiscalização agropecuária do governo brasileiro. O Rosselkhoznadzor suspendeu temporariamente a certificação da planta de SIF 1010 da BRF, em Mineiros (GO), que era habilitada a exportar carne de aves e miudezas para o mercado russo. A planta foi interditada pelo Ministério da Agricultura. Em nota, a BRF lembra que a fábrica possui três certificações internacionais que estão entre as mais importantes do mundo: BRC (Global Standard for Food Safety), IFS (International Food Standard) e ALO Free (Agricultural Labeling Ordinance). -A última auditoria pela qual a fábrica passou foi realizada pelo Ministério da Agricultura e aconteceu entre os dias 20 e 24 de fevereiro de 2017, tendo sido considerada apta a manter suas operações em todos os critérios', diz a empresa. Outra fábrica que teve a certificação suspensa pelo governo russo para importação de carne bovina foi a de SIF 2156 da JJZ Alimentos SA, localizada em Goianira (GO). Em comunicado, a empresa informa que durante a semana do dia 21 ao dia 24 de março de 2017 recebeu fiscalização do Ministério da Agricultura para verificação de todos os seus programas de auto-controle, bem como seus processos produtivos. A última auditoria realizada pela fiscalização federal na fábrica ocorreu em dezembro do ano passado. No ano passado, o mercado russo comprou do Brasil mais de US$ 1 bilhão em carnes. Ao todo, o paí­s recebeu 472 mil toneladas. Considerando apenas o montante de frango embarcado pelo Brasil foram US$ 107 milhões. De carne bovina, foram US$ 408 milhões e 138,7 mil toneladas. O item mais importante do segmento, a carne suí­na brasileira exportada para a Rússia gerou US$ 519,7 milhões í  balança comercial, com vendas de 245 mil toneladas. Fonte: Revista Globo Rural
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.