Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Senado cria comissão para acompanhar Carne Fraca

31/03/2017 10:56

Requerimento dos senadores Katia Abreu e Renan Calheiros fala em -irresponsabilidade inconsequente' de agentes públicos O Senado decidiu criar uma comissão externa para avaliar os desdobramentos da Operação Carne Fraca da Polí­cia Federal, que investiga suspeitas de irregularidades na fiscalização de frigorí­ficos. Os parlamentares aprovaram, nesta quarta-feira (29/3), requerimento feito pela senadora Katia Abreu (PMDB-TO) e pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). De acordo com o texto, o colegiado terá seis integrantes e vai funcionar por um perí­odo de seis meses. Pode realizar audiências públicas, solicitar informações a órgãos do governo e se reunir com organismos internacionais. A intenção é apurar supostos abusos de autoridade e os impactos no mercado do que os dois senadores chamam de -pirotecnia usada para deflagrar a ação'. O requerimento havia sido apresentado no último dia 21. Na justificativa, Katia Abreu e Renan Calheiros dizem que a Polí­cia Federal é independente e tem cumprido seu papel de apurar irregularidades. E que não se questiona a responsabilidade de investigar desvios de qualquer natureza. -Mas não se pode, em hipótese alguma, aceitar pacificamente a condenação de todo um rigoroso sistema de inspeção sanitária, de padrão internacional, em decorrência da irresponsabilidade inconsequente de agentes públicos, mantidos nos seus cargos por apadrinhamento polí­tico e, não, por mérito', dizem eles. Os senadores lembram que as irregularidades foram identificadas em 21 das mais de 4.800 unidades frigorí­ficas no Brasil. E 33 servidores do Ministério da Agricultura são citados nas investigações, em um universo de 11 mil funcionários, sendo 2.700 da vigilância agropecuária. -Diante dessa constatação, não nos parece nada justo que a elevadí­ssima qualidade das carnes brasileiras seja toda colocada em xeque em decorrência das apurações de irregularidades conduzidas pela operação "Carne Fraca"', diz a justificativa do texto. Fonte: Revista Globo Rural
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.