Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Uruguai espera exportar mais gado em pé para a Turquia

04/04/2017 13:13

Exportadores uruguaios de gado vivo mantêm o otimismo de exportar mais bezerros í  Turquia este ano, um mercado tradicional que já conhece a qualidade dos animais uruguaios. As compras -estão mais lentas este ano' e -nem todas as empresas foram capazes de fechar contratos' com este destino, de forma que há duas ou três empresas que compram bezerros para fazer as quarentenas prévias, como disse, Alejandro Dutra, presidente da União de Exportadores de Gado em Pé. -Além disso, por agora são poucas as empresas que já têm contratos fechados, estamos otimistas que pode ser vendido para a Turquia um bom volume de bezerros em pé. Nós ainda estamos vendendo timidamente e só agora saí­ram dois navios.' No recente leilão do consórcio Plaza Rural, foram despachados de 5.000 bezerros e os compradores foram as empresas locais ligadas í  exportação de gado vivo, o que é um muito importante no iní­cio da safra de bezerros notí­cia, porque gera certeza ao mercado e aos criadores. Dutra disse que, além de Turquia empresas exportadoras também estão esperando compras de outros mercados. -Você nunca negligencia destinos como Egito e a China está sendo consultada para ver o que as empresas podem fazer no curto prazo.' A China tem um enorme potencial e gado de corte é um mercado novo para o Uruguai - as exportações eram principalmente de gado holandês - e hoje está se concentrando suas compras na Austrália. -Quando começarem a comprar, pelo volume que eles exigem, terão de negociar em outros paí­ses.' Inclusive, a meta de alguns importadores é ir í  China para negociar diretamente com compradores asiáticos, além das pesquisas de preços habituais. Com a China só se fez negócios com bezerros Angus, completando uma barco que transportava bezerros de raças leiteiras; existe um protocolo assinado para gado com destino í  genética. O objetivo de exportadores uruguaios de gado vivo é voltar a exportar no final de 2017, um volume parecido com as 280.000 cabeças enviadas em 2016, mas até poderia ser ultrapassado se o mercado se torna mais volume de lí­quido. Fonte: El Paí­s Digital, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.