Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Supersafra bate recorde superior a 56 milhões de t de grãos no Estado

12/04/2017 14:04

Com uma diferença de pouco mais de 2 milhões de toneladas, foram divulgadas nesta terça (11) os levantamentos de safra de grãos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatí­stica (IBGE) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O primeiro, mais otimista, aponta que Mato Grosso deve conseguir uma produção de 59, 1 milhões de toneladas de grãos, enquanto o segundo indica 56,8 milhões de toneladas. As duas estimativas apontam o Estado como o maior produtor do paí­s e com uma safra 2016/2017 recorde. Os dados do IBGE integram o segundo Levantamento Sistemático da Produção Agrí­cola (LSPA) e foram apresentados nesta terça (11) na sede estadual do Instituto em Cuiabá. Pela primeira vez, o anúncio e as explicações sobre o balanço foram realizadas fora da sede nacional do IBGE, localizada no Rio de Janeiro. De acordo com o órgão, a produção de soja deve alcançar 30,9 milhões de toneladas, o que representaria um aumento de 17,4% em relação ao perí­odo produtivo anterior. A oleaginosa foi plantada dentro da janela ideal e foi beneficiada por chuvas constantes no iní­cio do ciclo. O milho foi estimado em uma produção total de 24,5 milhões de toneladas. No caso do cereal, o aumento na produção, em relação í  safra 2015/2016, é de 57%. A cultura se beneficiou, por exemplo, com um aumento de área que estava prevista para a plantação do milho de pipoca. Explicação De acordo Carlos Alfredo Guedes, analista da Coordenação de Agropecuária do IBGE, os indicadores dessa safra foram alcançados principalmente por causa de dois fatores. O primeiro deles, e principal motivo, foi o clima, que ajudou a produção em quase todos os estados. A segunda justificativa foi o investimento em tecnologia realizado pelos produtores rurais. O gerente comenta sobre o aumento da importância de Mato Grosso para o setor nesse perí­odo produtivo. -O Estado esse ano está contribuindo mais ainda com a produção de grãos no paí­s. No ano passado, a gente vinha com uma representação do Estado em torno de 24% da produção nacional e esse ano já passamos de 25%', explica. O supervisor de pesquisa agropecuária do IBGE de Mato Grosso, Elton Fior, destacou a cultura do milho, que sofreu uma quebra na safra no ano passado e conseguiu uma boa recuperação nesse atual perí­odo produtivo. -A área do cereal cresceu bastante, muito acima do que temos observado ao longo dos anos. Então esse incremento, que foi plantado em cima da área de soja, tem a maior porcentagem de conversão entre as duas culturas. A produção vai ser uma das melhores já observadas e conforme o milho for sendo colhido, a gente vê uma expectativa mais concreta sobre esse dado. Mais para frente os números serão mais sólidos ainda', pontua. Conab O 7º levantamento de safra da Conab aponta que uma produção de 56,8 milhões de toneladas de grãos em Mato Grosso. Essa estimativa é 1,4% maior do que o balanço anterior divulgado pela instituição, que apontava 56 milhões de toneladas. A atual projeção é, inclusive, a mais otimista já divulgada. O primeiro levantamento, lançado em outubro, apontava uma produção de 53,2 milhões de toneladas. A Companhia calcula que a produção de soja deve alcançar 30,5 milhões de toneladas, o milho foi estimado em uma produção total de 24,4 milhões de toneladas e na terceira colocação aparece o algodão, que deve conseguir uma produção de 2,4 milhões de toneladas. Fonte: RD News
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.