Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Setores econômicos não devem esperar ajuda do governo, diz economista

27/06/2017 08:44

Zeina Latif, da XP Investimentos, afirma que agenda atual do paí­s é pagar as contas e sobreviver Os diversos setores da economia não devem esperar ajuda do governo federal diante da atual conjuntura polí­tica e econômica. A agenda do paí­s é -dar passos para trás', pagar suas contas e sobreviver. A afirmação foi feita pela economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, a uma plateia de representantes da indústria sucroenergética. -Há a necessidade de estabilizar as contas públicas e todo mundo vai pagar alguma coisa dessa fatura. Dado o colapso do setor público, todos os setores terão que repensar suas agendas', disse ela durante painel de discussões no Ethanol Summit, promovido pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) em São Paulo. Zeina Latif afirmou ter a expectativa de uma retomada na economia do Brasil. No entanto, sinais mais concretos de mudanças devem aparecer apenas no segundo semestre, em função de defasagens que ocorrem entre a decisão de polí­tica monetária e seu efeito concreto sobre a economia. A economista ponderou apenas que o grau de recuperação econômica depende dos rumos da crise polí­tica do paí­s, especialmente depois das delações dos donos da JBS, que atingiram, inclusive, o presidente Michel Temer. -Temos que aguardar o segundo semestre para ter sinais mais claros do efeito na economia. A polí­tica monetária funciona, mas o ambiente no paí­s pode fazer com que a recuperação seja mais modesta. Não dá para dizer o quanto a crise vai afetar a confiança do empresariado', disse ela. Fonte: Revista Globo Rural
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.