Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Mercado do boi tem expectativa de reação para os preços da arroba a partir de agosto, com redução na oferta de animais

27/07/2017 09:34

Sem boi a pasto e com oferta limitada de animais confinados no primeiro giro as cotações já apontam para 4 reais de alta para arroba em agosto e 9 reais para outubro O analista de mercado Caio Toledo Godoy, da FCStone, destaca que a distância entre o mercado fí­sico e o mercado futuro aumentou nos últimos dias. Godoy, que vem alertando para o fator em várias entrevistas ao Notí­cias Agrí­colas, aponta que as expectativas para o mercado fí­sico vêm, em grande parte, do lado da oferta. O boi de primeiro giro deve ser difí­cil de ser encontrado, já que quando o milho começou a cair, a arroba caiu - o que não aconteceu com o animal de segundo giro. O cenário em agosto pode ser de demanda retraí­da no mercado interno, uma demanda externa um pouco melhor, mas nada que consiga impactar o mercado interno e uma oferta menor, coisas que poderiam levar a uma provável alta da arroba. O mercado futuro na BM&F já trabalha com uma alta de R$4 até o fim de agosto por conta da expectativa que existe dentro desse mercado. Por ser um futuro próximo, a distância dos preços chama a atenção. No estado de São Paulo, os negócios giram em torno de R$122/@ a R$128/@, com uma média de R$124/@. Os frigorí­ficos já começam a ter uma dificuldade para alongar as suas escalas. Mas, como os produtos estão passando por uma deflação no Brasil, a chance dos frigorí­ficos ficarem com um estoque caro na mão é maior. Assim, as compras são feitas de acordo com a necessidade. Godoy aconselha os pecuaristas a aproveitarem as altas do mercado futuro por meio da compra de posições. Essa operação pode ser feita com diversas corretoras ao redor do paí­s que podem auxiliar os produtores a realizarem esse serviço. Para ele, a pecuária está passando por uma revolução que os grãos já passaram, que é a de conhecer o mercado financeiro. Fonte: Notí­cias Agrí­colas
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.