Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Você já verificou o efeito do sal?

29/08 11:31

Essa é uma época que a maioria das propriedades estão com os silos trincheira ou superfí­cie abertos devido a demanda de alimento conservado para os animais. Portanto, é um bom momento para verificar se o sal aplicado sobre o topo do silo durante a vedação apresentou algum efeito benéfico. O sal talvez seja o produto mais antigo para se conservar alimentos, principalmente para o consumo humano. Baseado nesta lógica e percebendo que o topo do silo se deteriora, alguém, um dia, teve a iniciativa de aplicá-lo sobre a massa para que as perdas fossem evitadas. Realmente, o alimento que está em contato direto com o sal é adequadamente conservado e, por isso, ele "engana" muita gente. Como pode ser visto na foto abaixo, quando se olha superficialmente, temos a impressão que o sal evitou o processo de deterioração. Contudo, convido a todos que aplicam sal sobre a massa a fazer perfurações de 10-20 cm no topo (no sentido vertical). A chance de encontrar silagem apodrecida será grande. Por que? Isso ocorre porque o sal tem efeito de contato, ou seja, não exerce influência sobre a camada de silagem centí­metros abaixo da sua aplicação. Quando uma vedação é mal concluí­da, seja pela qualidade do plástico ou falhas dos operadores, o oxigênio permeia no sentido vertical. Dependendo da porosidade da massa, o oxigênio pode atingir camadas profundas (superior a 40 cm), ou seja, onde o sal não exerce influência. Desse modo, se a tua silagem estiver apresentando problemas de deterioração no topo, as medidas a serem tomadas são as seguintes: i) monitore a colheita (tamanho de partí­cula); ii) compacte adequadamente a massa, principalmente o topo; iii) evite o abaulamento do topo em silos trincheira; iv) compre um plástico que dê garantia em termos de resistência a rasgos, furos, bloqueio da radiação UV e do oxigênio e; v) conclua a vedação selando bem as bordas. Se essas medidas não estiverem resolvendo o teu problema, há a chance de aplicar aditivos a base de ácidos ou inoculantes que contenham Lactobacillus buchneri. E o sal? Deixe-o para o rebanho... Fonte: Milk Point
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.