Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

írea de soja deve aumentar no RS

30/08 09:41

Segundo Emater, extensão do plantio pode crescer 3,16% na safra 2017/2018; milho terá recuo de mais de 11% A área plantada com soja no Rio Grande do Sul deve crescer 3,16% em 2017/2018, para 5.702.780 hectares, projetou nesta terça-feira, 29, a Emater/RS-Ascar, em sua primeira estimativa para a safra de verão 2017/2018 no Estado. Em 2016/2017, a área de soja no Rio Grande do Sul foi de 5.528.233 hectares. Mesmo com o aumento no plantio, a Emater prevê queda de 12,59% na produtividade ante o ciclo anterior, para 2.938 kg/ha. A produção de soja no Estado deverá atingir 16,753 milhões de toneladas, recuo de 9,81% em relação ao volume de 18,575 milhões de toneladas colhido em 2016/2017, de acordo com o levantamento apresentado pelo presidente da Emater/RS-Ascar, Clair Kuhn. A Emater prevê redução na área de milho de 11,65% no Estado em 2017/2018. A safra do cereal, que já começou a ser plantada, deverá ocupar 731.216 hectares, ante 827.651 hectares no ciclo anterior. A expectativa de produção é de 4,597 milhões de toneladas, o que representa recuo de 23,87% em relação ao total de 6,038 milhões de toneladas do ciclo 2016/2017. A produtividade média projetada pela Emater para o milho no Estado é de 6.287 kg/ha, queda de 13,9% ante a temporada anterior. O milho destinado í  silagem deve ter rendimento médio de 37,5 toneladas por hectare, 3,51% menor do que o obtido no ciclo 2016/17. A área plantada, segundo a Emater, será de 388.711 hectares, acima dos 382.590 hectares da safra anterior. A produção esperada é de 14,576 milhões de toneladas em 2017/2018, recuo de 1,85% ante os 14,850 milhões de toneladas de 2016/2017. A cultura do arroz deverá ocupar 1.100.818 hectares no Rio Grande do Sul, área 0,33% menor do que a de 1.104.494 hectares da safra passada. A produção cairá 0,96%, de 8,613 milhões de toneladas em 2016/2017 para 8,531 milhões de toneladas em 2017/2018. A produtividade média prevista pelo órgão é de 7.750 kg/ha. O feijão de primeira safra terá uma área maior em 2017/2018, conforme a Emater. A estimativa inicial é de que serão plantados 43.708 hectares, aumento de 2,85% ante os 42.498 hectares do ciclo anterior. A produção projetada é 18,91% menor, caindo de 74.949 toneladas em 2016/2017 para 60.775 toneladas em 2017/2018. A Emater prevê queda na produtividade de 21,17%, para 1.390 kg/ha. A área total com os principais grãos a ser plantada no Rio Grande do Sul na safra de verão 2017/2018 deve somar 7.578.522 hectares, segundo a Emater, aumento de 1,01% ante os 7.502.876 hectares da temporada anterior. A expectativa é de que o Estado colha 29,942 milhões de toneladas em 2017/2018, queda de 10,10% ante as 33,305 milhões de toneladas do ciclo anterior. "Cabe destacar que, apesar das primeiras estimativas indicarem uma redução na produção, em relação ao ano passado, a produção projetada inicialmente para a safra 2017/2018 apresenta um volume que supera a média das últimas cinco safras em pouco mais de 900 mil toneladas", disse o presidente da Emater. O secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do Estado, Tarcí­sio Minetto, disse que, apesar de um cenário de provável redução de produtividade, o ciclo produtivo de grãos dos últimos anos culminou em uma grande safra no ano passado. "Ainda que, do ponto de vista financeiro, a previsão seja de menos riqueza no campo, reflexo da oscilação de preços e dos custos de produção, temos a expectativa de que a safra se consolide", ponderou. Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.