Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Conab faz censo de armazéns em MT e PR

19/09/2017 10:01

Técnicos visitarão 120 municí­pios para o cadastramento de novas unidades e revalidação das antigas A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) percorrerá o paí­s para fazer o recadastramento de armazéns privados. O censo começou esta semana pelos estados de Mato Grosso e do Paraná, onde está concentrado o maior número de unidades. Os dados abastecerão o Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras de Produtos Agrí­colas. Técnicos da Conab já estão em campo e deverão visitar um total de 120 municí­pios nos dois Eestados até a primeira quinzena de outubro. A ação é feita regularmente pela estatal para identificar unidades em todo o paí­s, realizando tanto o cadastramento de novos armazéns quanto a revalidação das informações dos já cadastrados. Em Mato Grosso, maior produtor de milho e soja do paí­s, serão visitados 26 municí­pios que hoje têm 418 armazéns cadastrados, com capacidade estática total de 5,3 milhões de toneladas. Além disso, serão atendidas 33 solicitações de cadastramento de armazenadoras em outros 15 municí­pios, somando 41 cidades que serão recenseadas. O censo é realizado em toda a região nordeste e em grande parte do sudeste de MT. O nordeste do Estado é considerado a nova fronteira agrí­cola por possuir a maior área possí­vel a ser convertida em lavoura - os levantamentos de safra da Conab apontam um aumento de produção de 26% da safra 2013/2014 para 2016/2017. No Paraná, o recenseamento foi subdividido em etapas, de acordo com o número de armazéns já cadastrados em cada região. Nesta primeira fase, já em andamento, o censo será realizado em 79 municí­pios da mesorregião norte-central do estado. Segundo dados atuais da Conab, o Paraná é o segundo maior armazenador do paí­s, responsável por aproximadamente 19% da capacidade estática nacional. Todas as informações serão incluí­das no Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras de Produtos Agrí­colas e podem ser consultadas no site da Conab. Fonte: Conab
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.