Carregando...
Publicado por SeuGado.com Gado

Café: próxima safra deve ser melhor

27/09/2017 09:06

Porém, segundo diretor da Abic, risco climático ainda existe para o ciclo 2018/2019 A próxima safra brasileira de café 2018/2019, em fase de floração, deve ser maior do que a atual temporada 2017/2018, que foi prejudicada pela bienalidade negativa da cultura, disse o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), Nathan Herszkowicz. Mesmo assim, a indústria se mantém preocupada com os efeitos climáticos em regiões importantes do café no Espí­rito Santo e Minas Gerais. De acordo com a estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra brasileira de café em 2017/2018 deve alcançar 44,77 milhões de sacas de 60 kg, queda de 12,8% em comparação com a safra do ano passado (51,37 milhões de sacas). A Conab ainda não tem estimativa para a safra 2018/2019. "Seguramente vai ser maior (a safra que vem 2018/2019). Mas o risco climático ainda existe", disse Nathan, durante o evento Melhores da Qualidade - Abic 2017, em São Paulo. No ano passado, a seca pegou de surpresa o mercado e derrubou a produção de arábica no Espí­rito Santo. "Isso não foi previsto por nenhum meteorologista e especialista. Ou seja, o risco sempre existe e estamos monitorando", explicou. Consumo - O consumo de café no Brasil deve crescer entre 3% e 3,5% neste ano, na avaliação de Herszkowicz. Segundo ele, o consumo deve alcançar 22 milhões de sacas de 60 kg na temporada, mas isso ainda é uma hipótese otimista. "Isso vai depender de muitos fatores, principalmente da recuperação econômica. Volta do emprego. Melhoria da massa salarial. Até inclusive para dar suporte ao crescimento do consumo de café", destacou. Entre os fatores que podem impulsionar o mercado interno do grão estão as apostas de grandes empresas nos cafés de maior qualidade, disse. "O investimento das grandes empresas em cafés de qualidade superior e em valor agregado tem ajudado o setor. E todos apostamos que esses segmentos podem ganhar ainda mais espaço, já que o gasto do brasileiro em café ainda é baixo se comparado com outros paí­ses", ressaltou. Prêmio - A Abic divulgou nesta terça-feira, 26, as torrefadoras e marcas premiadas como as Melhoras da Qualidade 2017. O prêmio é conferido í s marcas que mais se destacaram durante o ano no Programa de Qualidade do Café (PQC), nas categorias Tradicional, Superior e Gourmet. O vencedor na categoria tradicional foi a marca Pelé Torrado e Moí­do Tradicional Vácuo, da JDE. Na categoria Superior, o primeiro lugar ficou com a torrefadora DPS Gonçalves, com a marca Fraterno Grão Superior. Enquanto o grupo 3Corações levou o primeiro e segundo lugares na categoria Gourmet, com as marcas 3Corações Orgânico Vácuo e Santa Clara Espresso em Grão. Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO
Comentários
logo-seugado

Para ter acesso completo a esse conteúdo faça login ou cadastre-se grátis.